Esta seção contempla a relação de alguns livros sugeridos pelo site Crítica Política Brasil.

Livro: PRECONCEITO CONTRA AS ARMAS | AUTOR: JOHN L. LOTT JR.
O debate sobre armas na mídia, em parte por causa de seu óbvio apelo emocional, é repleto de lugares-comuns e teses fantasiosas. A maioria baseada em conjecturas que nunca se aplicam a um caso em particular, e jamais podem ser provadas com dados estatísticos e argumentação lógica. Neste livro, John Lott Jr. pretende trazer a realidade para o centro das discussões, chegando ao ponto de esmiuçar todos os dados - por tipo de crime, por tipo de arma usada, e pelas características da vítima e do criminoso -, a fim de demonstrar que todo o discurso dos defensores do desarmamento civil ignora solenemente as evidências que se opõem às duas posições ideológicas.



Livro: MENTIRAM PRA MIM SOBRE O DESARMAMENTO | AUTORES: FLÁVIO QUINTELA/BENÉ BARBOSA
No segundo livro da série 'Mentiram para mim', Flavio Quintela está de volta, desta vez junto de Bene Barbosa, líder do Movimento Viva Brasil, para desmantelar e reduzir a chiados os argumentos mais usados pelos defensores do desarmamento - que países desarmados são mais seguros, que o governo quer desarmar as pessoas porque se preocupa com elas, que as armas precisam ser controladas para facilitar a solução de crimes - entre outras frases prontas. Este livro é resultado de uma pesquisa, na qual são expostas as informações reais a respeito dos benefícios que as armas trazem à sociedade.



Livro: O RETRATO | AUTOR: OSVALDO PERALVA
O retrato é um dos mais importantes e contundentes relatos políticos brasileiros do século XX. Fervoroso militante e membro da cúpula do Partido Comunista Brasileiro, o jornalista e escritor Osvaldo Peralva foi enviado a Moscou em 1953 para estudar. Lá constatou que a utopia bolchevista havia se convertido em pesadelo totalitário. Três anos depois, quando voltou ao Brasil, percebeu que o PCB reproduzia em escala provinciana e farsesca tanto o terrorismo ideológico quanto o culto à personalidade que prevaleciam na URSS. O livro é a história da trajetória de Peralva no Partido Comunista, desde a apaixonada adesão na juventude até a traumática ruptura no final dos anos 1950. Com a argúcia de um repórter e a verve de um romancista, ele transforma suas memórias em arrebatadora narrativa sobre os bastidores sinistros do comunismo na União Soviética e os descaminhos do PCB, traçando retratos implacáveis de seus líderes, como Luís Carlos Prestes e Carlos Marighella.
Livro: COMO SER UM CONSERVADOR | AUTOR: ROGER SCRUTON
O filósofo político inglês Roger Scruton construiu sua reputação ao empregar a sua inteligência na reflexão e divulgação do pensamento conservador. É um pensador que sabe conjugar de forma exemplar um raciocínio profundo com um texto sofisticado e preciso. O tema central deste livro é o conservadorismo. E é a partir da apresentação teórica e prática do pensamento conservador em suas várias dimensões na vida em sociedade que Scruton examina e explica como ser um conservador. E o faz com uma habilidade grandiosa para expor teoria e análise de maneira clara e concisa sem simplificá-las ou vulgarizá-las. Essa mestria permite ao leitor encerrar a leitura com a percepção de que aprendeu algo valioso e com o sentimento de que pertence a uma tradição, mesmo que ainda tenha que descobri-la.


Livro: ABORTO: O HOLOCAUSTO SILENCIOSO | AUTOR: JOHN POWELL
John Powell conta-nos um pouco mais sobre o processo de legalização do aborto e seus malefícios à sociedade. Baseado no caso americano, este livro mostra dados de como o aborto tem vitimado mais do que muitas guerras, explicitando a necessidade de se aprender a valorizar a vida, amá-la e defendê-la acima de todos os orgulhos pessoais.